CHARGESURFING

A partir de uma app para smartphone, a ChargeSurfing permite executar todas as operações de carregamento, incluindo o pagamento do serviço, sem necessidade de adesão a qualquer cartão para o efeito.

Os “hosts” (proprietários do espaço onde é instalado o ponto de carga), além da renda proveniente da utilização do serviço, têm acesso a um painel a partir do qual podem alterar valores consoante a frequência de utilização e até distinguir a oferta do serviço entre os seus clientes.

Uma solução indicada para áreas hoteleiras ou da restauração, mas que pode também ser utilizada em condomínios privados e empresariais, incluindo concessões automóveis e áreas oficinais.

 

Simplificar o carregamento

O objetivo foi a simplificação. Uma vez que o utilizador não sabe qual o valor que lhe irá ser cobrado, a ChargeSurfing permite a visualização dos valores por minuto e, após utilização, a consulta de uma factura.
Ao utilizar a app ChargeSurfing, o utilizador pode executar toda a operação, bem como os pagamentos. “A única situação física é ligar o cabo ao ponto de carga e desligá-lo – tudo o resto é através do telemóvel ou outro dispositivo com Android e iOS“, diz o responsável.
A adesão a cartões é dispensada e após instalação da app, o utilizador está pronto a usufruir do serviço ChargeSurfing.

Os “hosts”

A outra grande diferença do serviço ChargeSurfing é a existência de “Hosts” – proprietários do espaço onde é instalado o ponto de carga; fazem parte da ChargeSurfing, ou seja, têm acesso a um painel de administração em que podem modificar valores

Tempos máximos de serviço, para um veículo não ficar mais de 2h num ponto, por exemplo:

  • Valor extra por utilização indevida, veículo já carregado e a ocupar o ponto de carga
  • Ponto de carga disponível- indisponível
  • Ponto de carga visualizável-ou não, no mapa
  • Potência do ponto de carga
  • Acesso a sessão grátis, para veículos do próprio

Não é apenas um espaço em que recebe uma renda e não tem acesso à operação e nem pode controlar. Segundo Sérgio Almeida, o Host pode alterar valores consoante a frequência de utilização. Considere-se um hotel, que tem época baixa e época alta: pode por exemplo “oferecer o serviço aos seus clientes e os outros clientes pagarem a tarifa normal. Nós podemos emitir facturas por qualquer empresa, temos a certificação necessária das finanças, o que significa que há imensas possibilidades”, conclui o responsável.

A ChargeSurfing pode ser adaptada a diversas soluções:

  • Condomínios privados e empresariais
  • Frotas
  • Criação de App personalizada para grandes corporações que queiram ter a sua rede de carregamento
  • Colaboração com Operadores de Pontos de Carregamento para pontos de carga privados
  • Colaboração com Comercializadores de Electricidade
  • Colaboração com fabricantes de equipamentos de carga
charge

FORMULÁRIO DE CONTACTO CHARGESURFING